Fornecedor marítimo galês aumenta receita em US$ 5 milhões após expansão nos EUA

Fairline Targa 45 GT O Makefast Group, com sede em Powys, projeta e fabrica sistemas, incluindo tetos solares retráteis.

Um fabricante galês de equipamentos marítimos aumentou a receita de exportação em US$ 5 milhões depois de abrir uma base internacional dedicada nos EUA.

O Makefast Group, com sede em Powys, projeta e fabrica equipamentos para as indústrias marítima e de segurança, bem como sistemas para super iates e barcos de luxo, incluindo tetos solares retráteis, toldos e plataformas de banho.

Acompanhando a crescente demanda por seus produtos nos EUA, a empresa abriu sua primeira sede americana em Maryland em dezembro de 2022, e desde então garantiu mais de US$ 5 milhões em receitas somente com negócios nos EUA desde a abertura, há 12 meses.

A empresa afirma que pretende abrir escritórios adicionais no seu segundo maior mercado, a UE, para replicar o sucesso da sua base nos EUA e aumentar as suas vendas internacionais.

As exportações representam atualmente dois terços do comércio da Makefast - o que equivale a £ 1.2 milhões de crescimento anual - com a empresa exportando para mais de 30 países a partir de sua fábrica no centro do País de Gales, incluindo Itália, França, Brasil, Taiwan e os Estados Unidos.

“A exportação é uma parte fundamental do nosso negócio e tem desempenhado um papel fundamental no nosso crescimento ao longo dos anos”, afirma Chris Brown, CEO da Faça rápido. “O mercado global de iates e barcos de luxo é enorme e continua a crescer, como é o caso dos EUA, oferecendo muitas oportunidades para nós.

“Estabelecer presença lá nos ajudou a nos conectar com clientes novos e existentes, permitindo-nos acompanhar as crescentes carteiras de pedidos dos construtores de barcos americanos. As vendas no último ano civil na região atingiram US$ 5 milhões e estamos prevendo para este ano US$ 6.25 milhões.”

Chris Brown, CEO da Makefast Reino Unido
Chris Brown, CEO da Makefast Reino Unido.

Fundada em 1974 pela dupla Bill e Brenda Brown, marido e mulher, a empresa estava originalmente focada na produção de equipamentos de segurança para a indústria naval, fornecendo alguns dos maiores fabricantes de coletes salva-vidas do Reino Unido, incluindo a Royal National Lifeboat Institution. Pouco depois, começou a expandir a sua gama de produtos para produzir itens de maior valor e explorou mercados estrangeiros como forma de fazer crescer o negócio.

Embora ainda existam exportações de produtos de hardware, a principal receita de exportação da empresa é gerada a partir de sistemas marítimos vendidos em dois dos maiores mercados-chave da Makefast – os EUA e a Itália, um fabricante líder de iates de luxo na Europa.

Faça rápido afirma que o seu sucesso nas exportações foi ajudado pelo apoio que recebeu do governo galês, incluindo assistência na mudança para as suas novas instalações em Powys e financiamento para investir em equipamentos e novos projetos.

“Trabalhamos com o governo galês há mais de 18 anos e o seu apoio às exportações acelerou o nosso crescimento internacional”, acrescenta Brown.

Comentários estão fechados.

Esta página foi traduzida do inglês por GTranslate. O artigo original foi escrito e/ou editado pela equipe MIN sediada no Reino Unido.

Ir para o conteúdo